Matérias-primas para Espumas e Poliuretanos




X

Matérias-primas para Espumas e Poliuretanos

A Interbrasil trabalha com as principais matérias-primas para o mercado de Poliuretanos (PU) espumas e derivados, incluindo o TDI (Diisocianato de Tolueno), Poliol, Cloreto de Metileno e Copolímero de Poliol. Também trabalhamos com aditivos para espumas de PU, Silicone para espumas flexíveis, Amina e Estanho. Estes produtos atendem diversas indústrias como a de colchões, travesseiros, estofados, assentos para automóveis, espumas flexíveis, espumas rígidas, entre outros. Os produtos são importados dos principais fabricantes mundiais do setor e testados antes do embarque ao país, garantido assim a qualidade e repetitividade de lotes.

Produtos

TDI: O Isocianato mais utilizado no setor de espumas é o Diisocianato de Tolueno o (TDI), normalmente na concentração 80/20. O TDI também pode ser utilizado na fabricação de Catalisadores Isocianatos utilizados na indústria de tintas e vernizes.

Download da Ficha de Segurança

Poliol: O termo Poliol abrange uma grande variedade de compostos contendo grupos Hidroxilas, capazes de reagir com os Isocianatos para formar os Poliuretanos (PUs). Trabalhamos com o Poliol 3010 e estamos pesquisando outros tipos para futuramente incluir em nosso portfólio.

Download da Ficha de Segurança

Copolímero de Poliol: Utilizado na fabricação de espumas flexíveis, podendo ser utilizado sozinho ou em conjunto com o Poliol. Permite a fabricação de espumas que suportam grandes cargas.

Download da Ficha de Segurança

Cloreto de Metileno: O Cloreto de Metileno (Diclorometano) é usado como agente de expansão de espumas de Poliuretano. Além disso, também pode ser utilizado como decapante, desengordurante, agente propulsor de aerossóis ou para colar termofixos na indústria de plásticos. Pode ser encontrado em 02 versões, de grau técnico ou grau uretano. Temos em nossa linha o Cloreto de Metileno de Grau Técnico.

Download da Ficha de Segurança

Silicone:  Os Silicones desempenham um papel importante na formulação das espumas. São classificados como surfactantes ou tensoativos, com função de alterar as propriedades superficiais e interfaciais de um líquido. Temos os principais contratipos do mercado para espumas flexíveis.

Estanho: O Octoato de Estanho tem a importante função de atuar na reação da polimerização do Isocianato com o poliol. A Interbrasil tem em seu portfólio o contratipo dos principais estanhos do mercado.

Amina: As Aminas possuem a importante função de catalisar a reação de expansão da água com o isocianato. Possuímos os principais contratipos do mercado para espumas flexíveis de PU.